quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Blog "mata" deputado petista


Everton Maciel, de Santa Rosa

Por MSN, uma colega de Pelotas me disse: "Bah... viu que morreu o deputado Adão Pretto?". Eu estava com meu leitor de RSS aberto e estranhei não ter lido nada sobre o deputado federal petista em site algum. Meu colega de Pelotas mostrou-me então um blog da sua cidade - que eu mesmo já havia visitado pessoalmente muitas vezes, mas parei de conferir, depois de desconfiar seriamente da honestidade intelectual do autor.

Voltei a procurar a informação em outros sites, mas nada. Então, resolvi ligar para um ex-vereador petista aqui de Santa Rosa. Sabia que o político local mantinha relações estreitas com o parlamentar gaúcho. O ex-vereador ficou de dar retorno. E deu: em cinco minutos, telefonou avisando que tinha falado com a família do deputado Adão, e garantiu que ele continuava em coma, na Capital do Estado, mas não havia falecido. Depois disso, a informação apressada ficou no ar ainda por uns cinco minutos no blog pelotense.

O blog colocou a culpa na sua fonte. Como era de se esperar, a arrogância do editor não admitiu o "homicídio" público do deputado Adão Pretto. Preferiu lembrar que havia salientado na postagem que "ainda não havia confirmação oficial". No jornalismo, ninguém está isento de cometer essas mancadas. Mas as retratações devidas são bem-vindas e sempre se espera humildade dos veículos com credibilidade. Não é o caso, claro.

Sorte minha ter dado um print screen antes da postagem ter sido apagada, de forma bem capciosa.

***

Vamos aguardar que o deputado Adão Pretto melhore e desejar sorte à família, amigos e eleitores.

2 comentários:

Anônimo disse...

Errar e não corrigir é pior que errar. Aliás, esconder o erro simplesmente apagando consegue ser ainda pior.

abs
ALEC

O Blog do Capeta disse...

Só para atualizar:

Hoje pela manhã, dia 5 de fevereiro, às 7h20, o deputado Pretto, infelizmente, morreu.

Essa postagem (4fev) remete-se a uma confusão do dia anterior. Pêsames à família.