quinta-feira, 30 de outubro de 2008

"PAC" para o cubanos

Do site de Sidney Rezende

A Petrobras e a estatal cubana Cubapetroleo (Cupet) irão protagonizar um convênio para prospecção de petróleo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a Cuba nesta quinta-feira (30) para assinar o projeto, que faz parte de uma estratégia do governo brasileiro para se posicionar em setores com carências de investimentos, como energia, agricultura e infra-estrutura. O presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, ainda irá divulgar detalhes da parceria.

Em relação à infra-estrutura cubana, o Brasil irá interferir com financiamentos promovidos pelo BNDES no valor de R$ 150 milhões. O dinheiro deve ser usado na construção de um rodoanel ao redor de Havana, a capital cubana.

Na agricultura, as linhas de financiamento para produção de alimentos, fornecidas pelo BNDES e Banco do Brasil (Proex), são ainda maiores - cerca de R$ 200 milhões. A maior participação do país na vida econômica de Cuba acontece durante a gestão de Raúl Castro, que governa há pouco mais de dois anos.

Um comentário:

PGNeto disse...

CUBA VIVE DE ESMOLAS!
PAULO