segunda-feira, 24 de março de 2008

Presidente da Câmara de Pelotas rebate acusações

Everton Maciel, de Pelotas

O presidente da Câmara de Vereadores de Pelotas, Otávio Soares (PSB), desmente publicamente o ex-colega Cururu Issaurriaga (PV). Segundo Soares, Cururu quer tumultuar os trabalhos na casa. O vereador Cururu chamou a Brigada Militar, porque, segundo ele, um armário teria sido arrombado na bancada do PV.

Era certo que ele faria alguma coisa, mas, chegar a ponto de chamar a Brigada Militar com uma informação mentirosa, surpreende, fala Soares.

Soares acredita que as imagens do sistema de segurança do Legislativo Municipal poderão ajudar a esclarecer o caso. O presidente da câmara destaca que as únicas pessoas que tiveram acesso à bancada do PV foi o próprio vereador Cururu e uma assessora dele.

A Brigada Militar ainda está no local.

Cururu foi caçado na última quinta-feira e o suplente Eduardo Leite (PSDB) assume amanhã a cadeira deixada por ele.

Um comentário:

Leonardo de Leon disse...

só da cururu aqui hein?!