sábado, 22 de agosto de 2009

Crucifixos ficam em São Paulo

Não existe nenhum poder da república sóbrio no Brasil. O Judiciário é apenas o primo com menos publicidade, mas tão salafrário quanto o Executivo e o Legislativo. Quem sabe, o Corpo de Bombeiros ainda tem alguma credibilidade. De resto, é tudo tripa podre do mesmo boi moribundo.

Todos estão lembrados que o Ministério Público de São Paulo pediu a retirada dos crucifixos que ornamentam tribunais naquele estado. Resultado: pedido negado pela juíza Maria Lúcia Lencastre Ursaia (anotem esse nome). A magistrada entendeu que "laicidade não pode se expressar na eliminação dos símbolos religiosos, mas na tolerância aos mesmos".

O MP vai levar o caso até o Conselho Nacional de Justiça.

Sugestão rápida para os promotores: peçam a colocação de uma pombagira ao lado de cada crucifixo.

Um comentário:

ATALIBA disse...

Otimo, ia ficar até bonitinha a pomba gira do lado dos crucifixos. O legal é que a tal Juiza não poderia nem argumentar, porque foi ela que deu o parecer favorável a isto hahahaha